Novo aparelho pode detectar rapidamente câncer, infecções e salmonelas



Agosto/2012  Imagine um aparelho que pode detectar instantaneamente infecções, estresse, células sanguíneas, marcadores de câncer e até mesmo a qualidade da comida. Pode parar de imaginar, pois este aparelho já existe: se chama Microflow, e será testado pela NASA na Estação Espacial Internacional (EEI).
O dispositivo é uma versão miniaturizada de um equipamento de citometria de fluxo, muito usado em hospitais e centros de pesquisa. Normalmente, os citômetros pesam centenas de quilos, mas o Microflow tem o tamanho de uma torradeira, e pesa cerca de 9 kg.
Ele usa lasers e sensores para contar células, classificá-las, e detectar uma série de biomarcadores em qualquer líquido, como o sangue. De acordo com a NASA, ele funciona em “tempo real”, dando o diagnóstico em até 10 minutos.

A versão miniaturizada do citômetro de fluxo foi possível graças ao trabalho do National Optics Institute External, da cidade de Quebec (Canadá), e foi feita para trabalhar no espaço, onde a microgravidade afeta o comportamento dos líquidos. Dentro da EEI, o Microflow vai manter a saúde dos astronautas e cosmonautas sob vigilância constante. Na falta de um Dr. McCoy, a longa duração das missões torna impossível que a tripulação receba diagnóstico médico em órbita, e é aí que o Microflow se encaixa.
Mas o uso do Microflow vai ser mais interessante ainda na Terra. Com seu tamanho reduzido (tudo bem, ainda não é um portátil e conveniente tricorder, mas é pequeno e acessível), ele vai permitir que pessoas do mundo todo tenham acesso a diagnósticos instantâneos de câncer e infecções. Além disso, eles podem ser entregues facilmente em áreas de desastre, onde é mais difícil conseguir equipamento laboratorial.
Finalmente, o Microflow poderá ser usado também para a análise de alimentos tanto em pequenas fazendas quanto grandes empreendimentos agrícolas, detectando instantaneamente germes potencialmente perigosos.[Gizmodo]

Nenhum comentário:

Postar um comentário