Copa 2014-Tatu-bola é escolhido como mascote


Set/2012  Até o dia 28 de novembro desse ano, você pode ajudar a escolher o nome da mascote oficial da Copa do Mundo 2014. Clicando nesta página oficial da FIFA, você pode votar entre as opções “Amijubi”, “Fuleco” e “Zuzeco”. A escolha, no entanto, só se restringe ao nome: seja lá como for batizada, a nova figurinha carimbada das campanhas publicitárias da Copa já tem cara: será um simpático tatu-bola.
A Copa 2014 já tinha seu logotipo oficial e já batizou de “Brazuca” a bola que será usada nas partidas. No último dia 11, a entidade confirmou sua decisão e já patenteou também o tatu-bola. A ideia, apresentada ao Comitê Organizador Local (COL) por uma ONG ambiental em Fortaleza-CE, derrotou as propostas de arara, jacaré e onça que a FIFA também recebeu.
Segundo os idealizadores da mascote, a ideia é chamar a atenção do mundo para o problema da extinção da fauna no Brasil. Atualmente, 627 das nossas espécies estão em perigo, segundo o Livro Vermelho das Espécies Ameaçadas. O homenageado da vez, Tolypeutes tricinctus (que é nativo de regiões de caatinga e cerrado no Brasil, Paraguai, Bolívia e Argentina), é uma delas.
A tradição da Copa do Mundo em ter mascotes oficiais começou em 1966, quando a Inglaterra resolveu homenagear o animal-símbolo da nação ao criar o leãozinho Willie. De lá para cá, já tivemos bichos símbolos típicos do país-sede, como o galo Footix na França-1998 e o leopardo Zakumi no último mundial, África do Sul-2010, além de escolhas extravagantes, como as criaturas futurísticas Ato, Nik e Kaz, na Copa da Coreia e do Japão em 2002.
Você pode relembrar todos os mascotes clicando aqui. [BBC/Globo Esporte/Época/Instituto Chico Mendes]

Nenhum comentário:

Postar um comentário