10 POLÍTICOS BRASILEIROS INIMIGOS DA CAUSA GAY

Deputados, senadores, vereadores e outros utilizam argumentos religiosos, fascistas e muitas vezes homofóbicos  para não dar extensões aos direitos de gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e travestis no Brasil. 

Elencamos abaixo uma lista com os principais inimigos da cidadania LGBT.
 
Lembramos também da série #VotopelaDiversidade onde elencamos os principais partidos e os posicionamos em relação à causa LGBT e outros assuntos. Você pode ver a série clicando aqui.
———————————————————————————————————————————————————–
1)  Deputado Federal Jair Bolsonaro (PP-RJ): Esse ganhou fama com apoio de parte da mídia por distorcer o conteúdo do kit anti-homofobia, quase fez comercial de calcinhas femininas para uma grande marca, mas o fato desagradou consumidoras e a acabaram vetando.
———————————————————————————————————————————————————–
2) Deputado Federal João Campos (PSDB-GO) O deputado tucano marca presença em qualquer lei, resolução ou medida que favoreça LGBTs, tais como pensão por morte, INSS e outros. Curioso que anos atrás não fazia discursos contra a causa, mas parece ter embarcado na onda de Bolsonaro.
———————————————————————————————————————————————————–
3)  Deputado Federal Marco Feliciano (PSC/SP) Luta desesperadamente pra ser a principal voz anti-gay do Brasil, Malafaia que se cuide, pois o pastor pretende ofuscá-lo. Feliciano costuma aliar ativistas à ditaduras e faz a maior confusão, já comparou gays com “nazistas russos”e “fascistas alemães” (sic) O deputado/pastor realmente entende e dá aulas de história no Twitter. É um verdadeiro mestre em ditaduras!
O Pastor pediu e o UOL atendeu retirando todo o conteúdo político LGBT, agora no portal só tem pornografia.
Dias atrás arranhou inglês para chamar atenção de Obama, pela defesa da “The Familia”. No Twitter o deputado dá RT em todos que o xingam e bloqueia qualquer um disposto a debater.
———————————————————————————————————————————————————–
4) Senador Magno Malta (PR-ES) Malta diz não ser homofóbico e acusa gays de ditadores, por várias vezes acusou a homossexualidade de estimular a pedofilia, não adianta mostrar dados que contraponham, o Senador parece um gravador automático, repete frases de impacto contra LGBTs a todo momento. Já ameaçou de processo quem o chamasse de homofóbico, afinal é a favor da igualdade de Direitos, não é mesmo? Malta já foi o cabeça dessa lista, mas foi ofuscado pelos demais.
———————————————————————————————————————————————————–
5)      Deputado Federal Anthony Garotinho (PR/RJ) Garotinho não tem um passado de declarações homofóbicas, a lei contra a homofobia do Estado do Rio de Janeiro é assinada pelo ex-governador, mas como ser contra gay dá Ibope ele embarcou nessa luta.
———————————————————————————————————————————————————–
6)  Deputado Federal Eduardo Cunha (PMDB/RJ)  Esse fez campanha contra gays e acabou processado por pastor inclusivo, também fez fama contra o kit anti-homofobia.
———————————————————————————————————————————————————–
7) Vereador Carlos Bolsonaro (PP/RJ) Carlos segue os ensinamentos do papai, costuma usar a o Twitter pra irritar e debochar de ativistas. Propôs lei que proibia o combate ao preconceito no Rio, afinal a moda é poder expressar a opinião (sic) contra gays.
———————————————————————————————————————————————————–
8.)  Vereador Carlos Apolinário (DEM/SP) Já encabeçou essa lista no passado, seu trabalho em São Paulo se destaca como sendo CONTRA a causa Gay. Tenta  proibir a Parada, distribuição de camisinhas e qualquer coisa que favoreça LGBTs. Se todos políticos seguirem seu exemplo nada mais importará ao país, saúde, Educação, combater a corrupção, tudo bobagem. O importante é botar freio na bicharada. Apolinário não era muito levado a sério, mas ganhou destaque e  deboche  internacional graças ao Dia Do Orgulho Hétero, que foi vetado por Kassab.
———————————————————————————————————————————————————–
9) Senador Marcelo Crivella (PRB/RJ) O pastor tem fala mansa e diz que é contra a homofobia, no seu entendimento homofobia só existe se bater ou matar,  caso contrário a pessoa está apenas se expressando. Ganhou destaque graças à Dilma que o tornou Ministro Pescador, o que ele entende sobre essa agenda é segredo presidencial.
———————————————————————————————————————————————————–
10) Senador Demóstenes Torres (Ex-DEM/GO) Demóstenes perdeu o brilho contra  a causa e foi pro fim da lista, quase que conseguiu aprovar um PLC122 que permitia tudo contra gays, menos bater e matar, mas felizmente a militância reagiu e o PL não vingou.
———————————————————————————————————————————————————–
Destaque especial no Exeutivo:
Presidenta Dilma Rousseff
A presidenta prometeu ao “povo de deus”, durante as eleições, que não apoiaria nenhuma política pró-LGBT e de fato, não só cumpriu a promessa, como vetou o programa que pretendia combater a homofobia nas escolas e a campanha contra a AIDS voltada a LGBTs do último carnaval, a presidenta engasga quando o assunto é homossexualidade, tolerância e Direitos a essa minoria, não se sabe se optou por esse caminho por convicções próprias ou comodismo político. Por causa de suas ações e omissões acabou sendo carinhosamente apelidada de Dil-Má nas redes sociais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário