LEI BRITÂNICA RESTABELECERÁ ALAN TURING E SUA DIGNIDADE SEXUAL

Por Elias Boell Júnior 21/10/2016
 
O governo britânico anunciou na quarta-feira (19) que perdoará postumamente milhares de homens condenados por relações sexuais consensuais com outros homens.


A alteração nas leis proposta foi  apelidada de "Lei Turing" e foi anunciada pelo Ministério da Justiça do U.K. em um comunicado de imprensa que disse que iria "construir sobre o caso de Enigma codebreaker Alan Turing, que cometeu suicídio depois de sua condenação por atentado violento ao pudor"(naquela época em que ele viveu "cantar"outro homem já era considerado crime de atentado ao pudor.


Alan Turing foi, segundo o filme O JOGO DA IMITAÇÃO, a pessoa que deu origem ao sistema binário, ele é na verdade o pai, o criador, o cara que deu o ponta-pé inicial para o universo de técnologias computadorizadas.Assista ao filme neste link se preferirFILME O JOGO DA IMITAÇÃO.  Alan Turing, que quebrou o Código nazista, obtém perdão póstumo .
 
ALAN TURING
"É extremamente importante perdoar as pessoas condenadas por crimes sexuais na história que seriam inocentes de qualquer crime hoje", disse Sam Gyimah, ministro da Justiça do U.K.. Ele disse que seu escritóriotrabalhará para colocar a nova política em vigor, apoiando uma emenda à protecção das liberdades Act, parte de Policiamento e Crime Bill do país da Grã-Bretanha.
As citações da BBC Lord John Sharkey, que propôs a alteração, dizendo que alguns 65.000 homens foram condenados ao abrigo das leis de indecência, agora revogadas e 15.000 deles ainda estavam vivos.


Turing, que morreu em 1954, foi postumamente perdoado pela Rainha Elizabeth II em 2013. Na época, membro do Parlamento Ian Stewart, que ajudou a liderar a campanha para o perdão Turing, disse NPR que perdões póstumos foram um "passo importante simbólico que ... o país reconhece um  enorme erro que foi feito. "


Até 1967, consensuais atos sexuais entre pessoas do mesmo sexo eram puníveis como "atentado violento ao pudor" no Reino Unido Depois de ajudar os aliados ganhar a Segunda Guerra Mundial, Turing perdeu seu certificado de segurança por causa de sua convicção e foi forçado a tomar estrogênio.

 
O escritor Oscar Wilde também está entre os condenados por crimes relacionados com a homossexualidade, em seu caso, a dois anos de trabalhos forçados. NPR Neda Ulaby relata que Wilde poderia estar entre aqueles perdoados.


Nem os perdões póstumos recém-proposto nem a lei 2.012 expurgam condenações por crimes não consensuais ou por crimes sexuais com menores de 16 anos de idade, que permanecem ilegais na Grã-Bretanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário