Everest – A montanha mais alta do mundo

O Everest é o pico montanhoso mais elevado do mundo, e está situado na cordilheira do Himalaya, dentro do setor meridional da Ásia central correspondente à fronteira entre o Nepal e o Tibet.


Segundo medição realizada pelo governo da Índia em 1954, o cume do Everest está localizado a 8848 m de altitude.


Porém estudos mais recentes têm posto em dúvida sobre este número, entre outros motivos, sabe-se que a montanha eleva-se poucos milímetros a cada ano graças a forças geológicas.


Assim sendo, em maio de 1999, um grupo de cientistas e escaladores da National Geographic Society que faziam parte da Expedição do Milênio, constataram, com a ajuda de novas tecnologias como o sistema de posicionamento global (GPS), que o cume da montanha está localizado a 8850 m de altitude.


Em nepalês, o pico é chamado de Sagarmatha (rosto do céu), e em tibetano Chomolangma ou Qomolangma (mãe do universo).


O monte Everest tem 2 rotas principais de ascensão, pelo cume sudeste no Nepal e pelo cume nordeste no Tibete, além de mais 13 outras rotas menos utilizadas.


Das 2 rotas principais a sudeste é a tecnicamente mais fácil e a mais frequentemente utilizada. Esta foi a rota utilizada por Edmund Hillary e Tenzing Norgay em 1953.


A maioria das tentativas é feita entre abril e maio antes do período das monções, porque nesta época do ano reduz a velocidade média das rajadas de vento.


Ainda que algumas vezes sejam feitas tentativas após o período da monções em setembro e outubro, o acúmulo de neve causado pelas monções torna a escalada ainda mais difícil.


A primeira ascensão até o topo foi feita pela expedição anglo-neozelandesa em 1953, dirigida por John Hunt. O pico foi alcançado em 29 de Maio por Edmund Hillary e Tenzing Norgay.


Em 16 de Maio de 1975, Junko Tabei tornou-se a primeira mulher a alcançar o topo do Everest. A primeira ascensão sem oxigênio foi feita por Reinhold Messner e Peter Habeler em 1978. Em 1980, Reinhold Messner efetua a primeira ascensão solitária. Em 25 de Maio de 2001 Erik Weihenmayer tornou-se o primeiro alpinista cego a atingir o topo.

Localização por satélite

Exibir mapa ampliado

Nenhum comentário:

Postar um comentário