Garota de 8 anos é presa em Uganda por praticar LESBIANISMO



ÁFRICA
Garota foi denunciada por um vizinho após beijar outras amigas numa fazenda
Organizações que lutam pelos Direitos Humanos cobram imediatamente a soltura da garota
AFP/Getty
Uma criança foi presa pela polícia de Uganda, na África, após um vizinho denunciar que ela estava mantendo 'relações amorosas' com com outras garotas da mesma idade numa fazenda, próximo à casa dela.
De acordo com a polícia, a criança foi presa por suspeita de 'lesbianismo' e foi encontrada beijando outras amigas. O vizinho relatou à polícia que a menina, não identificada, estava mantendo um comportamento 'inapropriado'.
A chefe da polícia da cidade de Jinja confirmou que a garota está sob custódia e que confessou 'ter praticado crimes', como o beijo, com as outras crianças.

Liberdade

Organizações que lutam pelos Direitos Humanos cobram imediatamente a soltura da garota e pedem a preservação da privacidade e o respeito para com ela.
O ministro da ética e integridade de Uganda relatou, em entrevista ao jornal Independent, que o país tem uma série de leis rigorosas contra a homossexualidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário