Rapaz não consegue praticar esportes e tem que reduzir tamanho do órgão sexual


Rapaz não consegue praticar esportes e tem que reduzir tamanho do órgão sexual
Os médicos descreveram o pênis do garoto como 'do tamanho de uma bola de futebol americano' Foto: Divulgação
O caso do jovem de 17 anos que teve que reduzir o tamanho do pênis gerou uma grande repercussão. Foi o próprio garoto que pediu pela cirurgia, uma vez que, do jeito que as coisas estavam, ele não podia praticar esportes e fazer sexo. O órgão do menino, em total estado de repouso, media 17 centímetros com circunferência de 25 centímetros.
Os médicos descreveram o pênis do garoto como 'do tamanho de uma 
 
 
bola de futebol americano'. Rafael Carrion, urologista na Universidade do Sul da Flórida, nunca tinha visto nada parecido dentro ou fora dos livros de medicina e sua decisão, depois de muito estudo, foi fazer uma espécie de lipoaspiração nas laterais do órgão.
A cirurgia foi bem mais que um sucesso e embora tenha diminuído o volume total do membro, os médicos foram capazes de fazer com que ele ficasse um pouco maior e com zero de efeitos colaterais: ele se comporta como um órgão normal, tem sensações de um órgão normal e, segundo o garoto, agora ele se considera uma pessoa perfeitamente normal.
O doutor Carrion admite que o caso é polêmico, mas tem sua defesa prontinha. "Quem seria capaz de julgar o que é uma reclamação legítima e o que não é? Normalmente, homens não reclamam desse tipo de coisa. Casos como este são completamente únicos", disse.
Com informações do Portal R7!

Nenhum comentário:

Postar um comentário